Gripe

Gripe

Vacina contra gripe

Nariz trancado, tosse, e muitas vezes uma dorzinha de cabeça. Na maioria dos casos, quem sente esses sintomas já sabe o que está por vir. Claro, a famosa gripe. 

Ela é sem dúvida uma das doenças mais comuns do mundo. Nem por isso, devemos deixar os cuidados de lado. Afinal, apensar de seus estágios iniciais não trazerem muitos problemas, quando agravada pode gerar graves danos. 

É para prevenir problemas mais sérios que existem a vacina contra gripe.
 
Mas, antes de falarmos sobre a vacina, precisamos entender um pouco mais sobre a gripe. 
 

A gripe


Apesar de alguns a conhecerem como influenza, o mais comum é usar o seu nome popular, gripe! Ela trata-se de uma infecção no sistema respiratório, que ocorre durante todos os períodos do ano. Porém, é mais comum as pessoas serem infectadas durante os períodos mais frios, como no outono e no inverno.

Apesar de ser tratado como um problema leve, a gripe tem suas complicações, que podem levar a uma pneumonia. Nesses casos, podendo chegar até a morte.

Podemos ver um exemplo aqui mesmo no Brasil. Em 2017, foram registrados 66 óbitos por influenza (divididos entre suas variações, H1N1, H3N2, B e A).

Após a infecção do paciente pelo vírus influenza, os sintomas costumam surgir de forma repentina.
Normalmente, começam com febre, vermelhidão no rosto, dores no corpo e cansaço. Após 4 dias, esses sintomas tendem a diminuir, enquanto os problemas respiratórios se agravam, surgindo a tosse seca.

Agora, é hora de conhecer mais sobre a arma mais poderosa nesse combate, a vacina contra gripe.
 

A vacina contra gripe

Já está mais do que comprovado que a forma mais eficiente de evitar qualquer doença é a vacina. E claro, o mesmo vale para a gripe.
Apesar de ser bem comum, não devemos subestimar os riscos da gripe. Sendo assim, esteja sempre vacinado.
Sabemos que existem algumas dúvidas que rondam a sua cabeça, e que muitas vezes isso impede de dar um passo adiante e tomar a vacina. Mas, pode ficar tranquilo, vamos esclarecer todas elas agora.


 
O que a vacina da gripe previne
 

O vírus influenza está enquadrado como ortomixovírus, com três tipos de antigênicos, são eles: A, B e C. Devemos ter mais atenção com o tipo A, que costuma a causar epidemias. O tipo B, está comumente ligado a surtos localizados. Enquanto o tipo C é associado a pequenos surtos ou casos isolados.

Esses gêneros ainda se subdividem em mais gêneros, que são definidos através de dois antígenos, hemaglutinina (H) e a neuraminidase (N), sendo 3 hemaglutinina (h1, h2 e h3) e 2 neuraminidase (N1 e N2).

Agora que você já sabe disso, fica mais fácil entender os tipos de vacinas contra gripe.
Como explica o  IFF, existem dois tipos de vacinas contra gripe:
 

  1. Trivalente

  2. Quadrivalente

 
Ambas as vacinas, protegem o seu corpo contra dois subtipos do vírus influenza, normalmente o H1N1 e o H3N2 (causador da gripe sazonal). Além disso, possuem também pelo menos 1 subtipo do B, que vária conforme o surto acontecido no ano anterior.

A diferença da Trivalente para a Quadrivalente está na proteção de um segundo subtipo do B, somando assim 4 subtipos.

Vacina Trivalente:

  • H1N1
  • H3N2
  • 1 variação do subtipo B
 

Vacina Quadrivalente:

 
  • H1N1
  • H3N2
  • 2 variações do subtipo B
 

Também é importante ressaltar que a vacina contra gripe não protege contra o vírus que causa resfriado 

 

Como a vacina da gripe funciona

É importante entender que a vacina da gripe muda todos os anos. Isso porque são coletados pelo Brasil amostras dos vírus que estejam surgindo. Assim, os órgãos responsáveis conseguem fazer uma análise cuidadosa, para entender quais são as variações prováveis da influenza a surgirem no próximo ano.

Dessa forma, é produzida uma nova vacina, com características adequadas para os subtipos de vírus presentes no momento.

               

Quem pode tomar vacina gripe

As contraindicações são mínimas. A grande parte da população pode e deve se vacinar. Isso vale para pessoas com diabetes, pressão alta, que realizaram transplante ou cirurgia e até mesmo quem já tomou alguma outra vacina.

Apenas aqueles que têm alergia a algum componente da vacina devem evitá-la.

Antigamente, os alérgicos a ovo também deviam evitar a vacina, pois podia causar alguma reação negativa. Porém, atualmente, isso não é mais um problema. Sendo assim, esse público está liberado para se vacinar. Mas, atenção! O indicado é que isso seja feito em um centro de referência em imunização. Pois, nos casos em que a pessoa tem uma alergia muito forte a ovo, pode acontecer alguma reação. Porém, só ocorre em casos isolados.

 

Vacina contra a gripe para bebês

Quando o assunto são nossos filhos é natural ficarmos com um pé atrás. Afinal, a saúde deles é a coisa mais importante. Por isso, a principal dica é: consulte um pediatra antes de levá-lo vacinar. Ouvir um especialista é a melhor decisão nesse momento.

De qualquer forma, a sociedade brasileira de pediatria, indica que crianças a partir dos 6 meses sejam imunizadas. Antes desse período (6 meses) a vacinação não deve acontecer.
 

Vacina gripe para gestante

 

Assim como as crianças a partir dos 6 meses, as gravidas podem e devem tomar a vacina contra a gripe. Ao tomar essa atitude, a mãe não está apenas se protegendo, mas também garantindo a proteção do seu filho.

Nas últimas campanhas de vacinação, as mesmas foram colocadas no grupo de risco, ou seja, aqueles devem tomar mais cuidado com a doença. Isso porque, ao contrair, há um sério risco em a doença se agravar, levando até uma pneumonia.

A vacina se torna ainda mais importe quando sabemos que a criação de anticorpos gerada por ela, passa para o filho, tornando o feto mais protegido. Isso é muito importante, afinal, antes dos 6 meses a criança não pode tomar vacina.
 

Vacina gripe efeitos colaterais

 

Você já deve ter ouvido falar por aí que a vacina da gripe causa a doença. Isso é um engano muito comum feito pelas pessoas.

Você pode ficar tranquilo, não existe a menor possibilidade de a vacina causar esse efeito. Afinal, ela é produzida com o vírus inativo.

Os efeitos dela são muito mais brandos que isso. O comum, é a pessoa sentir o local que foi vacinada irritado ou dolorido. Em casos muito isolados, o paciente pode ter febre baixa, porém é bastante improvável.

 

Onde comprar vacina da gripe em Sorocaba e região

 
Aqui no Dr. Vacina você encontra a vacina da gripe. Oferecemos um espaço com profissionais qualificados e equipamentos de alto nível, prontos para atender você e a sua família.
Entre em contato e saiba mais. Ou venha nos visitar, estamos em dois endereços:

Àpice Medicina Integrada -  Rua Eulália, 214, 3º andar -  Jd. Faculdade – Sorocaba
Av. Presidente Washington Luís, 392 - Centro – Cerquilho.

Dr. Vacina Sorocaba
Dr. Vacina Sorocaba - contato