Banner interno

Por que a vacina BCG deixa marca no braço?

Sabe aquela marquinha de vacina que muita gente tem no braço direito? Ela é proveniente da aplicação da vacina BCG, que protege o nosso corpo contra a tuberculose! 

Essa cicatriz acontece devido a reação do corpo a bactéria Mycobacterium bovis, que contém o vírus da doença, só que de forma anulada e inofensiva. 

Assim que a vacina é aplicada, o corpo humano começa a desenvolver uma série de reações para se proteger desse bactéria. Essa disputa entre os anticorpos,  já presentes no organismo, e os componentes da vacina, levam ao surgimento dessa ferida no local da aplicação. 

 Criança sem cicatriz precisa retomar a vacina?  

A maioria dos bebês desenvolvem a marca após 12 semanas de sua aplicação. Mas como cada organismo é único, nem todas chegam a desenvolver esse sinal. 

Segundo o Ministério da Saúde, que está alinhado nesta questão com a Organização Mundial de Saúde, crianças que foram vacinadas contra a tuberculose (BCG) e não tiveram cicatriz vacinal não precisam ser imunizadas novamente. 

A importância da BCG

A BCG é uma das primeiras vacinas que recém nascidos devem tomar. O recomendado é que seja aplicada logo nos seus primeiros dias de vida, devido a sua importância. Afinal, a tuberculose é um grave doença infectocontagiosa, que ataca principalmente o pulmão, mas também pode causar infecções nos ossos, rins e meninges. 

Patrícia Ruiz - COREN- SP 226-788 - Enfermeira Responsável Técnica. Concluiu a graduação de Enfermagem em 2009 na universidade UNIP- Sorocaba. Atua desde de 2017 no Dr. Vacina.

Leia também

Como funciona o calendário vacinal de prematuros?

Bebês prematuros precisam de cuidados especiais não apenas em seu desenvolvimento, mas também no seu processo de imunização!Estamos no novembro lilás, o mês da prematuridade,...
Leia mais

Amamentação durante a vacina: entenda mais

A amamentação durante a vacina, mais do que em outros momentos, faz toda a diferença para o bebê e também para a mãe!O dia da...
Leia mais